C A- A A+

  0800 703 4545Atendimento 24 horas

Projeto Parto Adequado

 

Projeto Parto Adequado

 

O projeto Parto Adequado, desenvolvido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS, pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) e pelo Institute for Healthcare Improvement (IHI), com o apoio do Ministério da Saúde, tem o objetivo de identificar modelos inovadores e viáveis de atenção ao parto e nascimento, que valorizem o parto normal e reduzam o percentual de cesarianas sem indicação clínica na saúde suplementar. Essa iniciativa visa, ainda, oferecer às mulheres e aos bebês o cuidado certo, na hora certa, ao longo da gestação, durante todo o trabalho de parto e pós-parto, considerando a estrutura e o preparo da equipe multiprofissional, a medicina baseada em evidência e as condições socioculturais e afetivas da gestante e da família.

 

Operadoras de planos de saúde participam do projeto apoiando e acompanhando a participação de hospitais e maternidades da rede própria, conveniada ou credenciada, dando suporte à implementação das mudanças, acompanhando as medidas adotadas e disseminando as informações sobre o projeto entre suas beneficiárias.

 

Vantagens do parto normal: pesquisas comprovam que a passagem pelo canal vaginal, na hora do nascimento, coloca o bebê em contato com bactérias naturalmente presentes nessa área do corpo da mulher, o que fortalece o sistema imunológico dele e previne o desenvolvimento de alergias e outros problemas de saúde no futuro. O trabalho de parto, ao contrário de um sofrimento para a criança, significa amadurecimento, pois a intensificação gradual das contrações musculares do corpo da mãe, necessárias para o bebê nascer, favorece a prontidão para o nascimento e o contato com o mundo, assim, o ritmo cardíaco, o fluxo sanguíneo e a maturação pulmonar são gradativamente trabalhados. A ciência já demonstrou também que os hormônios naturalmente que atuam durante o trabalho de parto favorecem o vínculo entre mãe e bebê, o aleitamento materno e a recuperação pós-parto.

 

As gestantes interessadas podem buscar atendimento em um dos hospitais participantes e apoiadores do projeto.

 

Estabelecimentos de saúde hospitalar credenciados para parto adequado.